Digesto ou Pandectas do Imperador Justiniano. Vol. III

Código: U3TSPHZD8
Ops! Esse produto encontra-se indisponível.
Deixe seu e-mail que avisaremos quando chegar.

Visualizar Sumário

Características da Obra:
Organizadores: Eduardo C. Silveira Marchi, Bernardo B. Queiroz de Moraes, Dárcio R. M. Rodrigues e Hélcio M. F. Madeira
Quantidade de páginas: 336
Formato: 17cm X 24cm
Ano: 2018

 

Descritivo da Obra: 

  • Pela primeira vez em língua portuguesa, em histórica edição, a versão completa do Digesto ou Pandectas do Imperador Justiniano.
  • Das apenas 13 traduções integrais do Digesto feitas até hoje no mundo, apenas 5 foram efetuadas inteiramente por um único estudioso. Soma-se agora a estas a tradução brasileira – a única em língua portuguesa e a primeira e única realizada na América Latina.
  • Autor desta façanha, um magistrado-jurisconsulto baiano, Manoel Da Cunha Lopes e Vasconcellos (1843-1920) – o Conselheiro Vasconcellos –, cujo nome, a partir desta publicação, alça-se ao panteão dos mais célebres juristas brasileiros.
  • A obra de tradução, composta em manuscrito de nove grossos volumes, havia desaparecido ao ­final dos anos cinquenta, por conta de várias vicissitudes históricas, familiares e acadêmicas, tendo sido redescoberta em 2011, perdida em uma “cafua” (sala subterrânea escondida) da antiga Faculdade de Direito da Bahia (atual UFBA).
  • Certada colaboração, em 2016, entre a Diretoria desta escola e os quatro romanistas-especialistas da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP), chega-se agora, depois dos ingentes trabalhos de transcrição, adaptação e integração da tradução, à publicação do 1º. volume desta histórica obra.

A obra é certamente útil não só aos romanistas, civilistas e especialistas de outras áreas das ciências jurídicas, mas também a advogados, juízes e demais operadores do direito.

 

Organizadores da obra:

Eduardo C. Silveira Marchi: Doutor em Direito pela Universidade de Roma I - "La Sapienza" (1984), Livre-Docente pela Universidade de São Paulo (1986), Pós-Doutor em Direito pelo "Leopold Wenger Institut" da Faculdade de Direito da Universidade de Munique (1994), Professor Titular de Direito Romano da Universidade de São Paulo (1996) e Diretor da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (2002-2006).

 

Bernardo Bissoto Queiroz de Moraes: Especialista (Perfezionato) em Direito Romano (Università di Roma I - La Sapienza), Doutor em Direito Civil/Direito Romano (USP), Livre-docente em Direito Romano (USP), Professor Associado da Faculdade de Direito da USP (Direito Civil e Direito Romano), Professor Titular Doutor da Faculdade de Direito da FAAP (Direito Civil) e Diretor de Comunicação da ABEDi.

 

Dárcio Roberto Martins Rodrigues: Doutor e Livre Docente em Direito Romano pela Universidade de São Paulo. Ex-bolsista da Heinrich-Hertz Stiftung (Nordrhein-Westfalen, Alemanha) e ex-pesquisador convidado junto ao Instituto de Direito Romano da Universidade de Köln (Alemanha). Professor associado da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, onde leciona Direito Privado Romano e Latim. 

 

Hélcio Maciel França Madeira: mestrado em Direito pela Universidade de São Paulo - USP (1996), especialização em Direito Romano pela Università di Roma "La Sapienza" e doutorado em Direito pela Universidade de São Paulo - USP (2002). professor doutor de História do Direito e Direito Romano da Universidade de São Paulo (USP), bem como Professor Titular de Direito Romano na Faculdade Municipal de Direito de São Bernardo do Campo (FDSBC). É também Vice-Diretor da Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo e Coordenador do Curso de Mestrado em Direito Romano e Sistemas Jurídicos Romanísticos da Faculdade de Direito da USP.

Produtos relacionados

Pague com
  • PagSeguro V2
Selos

YK Editora Ltda. - CNPJ: 19.130.428/0001-87 © Todos os direitos reservados. 2021